Politics

Vereador de Florianópolis debocha da morte de manifestante na Papuda: “aquele infeliz

Vereador do PSOL de Santa Catarina causou polêmica na Câmara de Florianópolis ao sair em defesa de Alexandre de Moraes após a morte de um brasileiro que estava preso irregularmente por “atos antidemocráticos”.

Ele afirmou que o Habeas Corpus foi negado pelo Ministro Mendonça, do STF, numa tentativa de culpar Bolsonaro pelo incidente e se referiu ao homem como “o infeliz que morreu”.

Outros vereadores se indignaram com a situação e saíram em defesa de Cleriston. O homem deixou esposa e duas filhas. A PGR pedia a sua soltura desde o final de agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *